Design sem nome (4)

Presos em Guarapari faziam esquema de furto de veículos no ES com envio para o exterior

Dois homens suspeitos de simularem o roubo de carros alugados e venderem os veículos para compradores no exterior foram alvos de operação da Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furto e Roubo de Veículos (DFRV). Um deles, de 29 anos, está preso. O outro, de 35, é considerado foragido. A dupla não teve a identidade informada.

No esquema, os homens alugavam os carros no Espírito Santo, depois tiravam os veículos do Estado e registravam um falso comunicado de roubo. A partir daí, faziam a venda dos automóveis para compradores da América do Sul, sobretudo na Bolívia.

Na ação deflagrada na terça-feira (18) e divulgada nesta quinta (20), mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências nos bairros Muquiçaba e Santa Mônica, em Guarapari, onde foram apreendidos celulares, notebooks, cartões de crédito, cheques, máquinas de cartão de crédito, uma arma de fogo calibre 380 – que possuía registro no nome do investigado, mas com endereço diferente do que constava nos sistemas –, uma arma calibre 9mm. de uso restrito e munições de uso restrito, além de outros documentos relevantes para a investigação.

Segundo o titular da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), delegado Luiz Gustavo Ximenes, a dupla, contra a qual existiam boletins de ocorrência, é investigada desde novembro de 2023, após denúncia de uma locadora de veículos. Diversas empresas foram prejudicadas com o crime. A soma do prejuízo e o número de carros roubados não foram informados pela polícia.

“A gente fez uma linha do tempo, analisou as câmeras de videomonitoramento e, juntamente com serviços de inteligência, a gente conseguiu provar no inquérito policial que houve uma fraude, então eles vão responder por furto qualificado mediante fraude em concurso de pessoas e falsa comunicação de crime. Então, eram agentes frequentes na prática de estelionato e estavam entrando nesse ramo que seria praticar o crime de furto mediante fraude, onde tem vítimas, (que são) essas locadoras de veículo”.

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Guarapari; diversos itens foram apreendidos
Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Guarapari; diversos itens foram apreendidos. (PCES/Divulgação)

Buscas

A partir de agora, além de buscar a captura do homem foragido, a PCES dará continuidade às investigações para provar a associação criminosa desses dois indivíduos, inclusive diante dos indícios de outros crimes de estelionato não relacionados, para descobrir quem recebia os veículos e fazia o transporte para fora do Brasil.

Ainda de acordo com o delegado, há países em que, uma vez que o veículo passa pela fronteira, pode ser regularizado, mesmo que seja ilícito.

“Então eles conseguem regularizar esses carros que restrição de furto e roubo, que são furto de crime. A princípio, nenhum carro foi recuperado e a gente está empreendendo algumas diligências investigativas para tentar localizá-lo”, aponta o delegado.

Polícia desarticula esquema de furto de veículos no ES com envio para o exterior

Na ação deflagrada na terça-feira (18) mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências nos bairros Muquiçaba e Santa Mônica, em Guarapari, onde foram apreendidos cartões de crédito, máquinas de cartão de crédito e uma arma de fogo calibre 380. (Polícia Civil)

A polícia informou que o homem preso vai responder por estelionato, posse por arma de fogo de uso restrito e porte de arma de fogo.

(DA REDAÇÃO \\ Guth Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ ES em Foco)

(FT.\CRÉD.: Internet \\ Divulgação)